21 de junho de 2016

Charque, carne de sol e carne seca – Entenda a diferença

2 anos atrás
Você sabia que charque, carne de sol, carne seca, carne serenada e jerked beef não são a mesma coisa?

 

O principio é o mesmo, aumentar o tempo de estocagem de uma carne, utilizando o princípio da salga e cura da mesma, mas o que muda é a técnica que é empregada em cada receita, para você entender melhor, o Da Fazenda explica:

 

Carne Seca – é uma carne esticada em mantas, com bastante sal. Esta carne chega a perder 50% de umidade em um período longo de exposição ao sal, acarretando maior prazo de validade. Deve-se dessalgar antes de consumir ou utilizar em receitas.
Charque – Tradicional no Rio Grande do Sul, também é uma carne esticada em mantas, sendo a variação que mais utiliza sal no preparo, por isso pode-se utilizar cortes mais gordurosos e de sabor mais intenso. Também deve-se dessalgar antes de consumir ou utilizar em receitas.
Carne de Sol – Feita com uma quantidade reduzida de sal, a carne ainda fica úmida, o que torna sua data de validade reduzida. Após salgada é reservada em locais cobertos e ventilados. Não é necessário dessalgar antes de utilizar.
Carne Serenada – O processo é semelhante ao da carne de sol, porém é exposta ao sereno durante a noite e recolhida de dia. Validade curta e não precisa dessalgar.
Jerked Beef – Muito semelhante ao charque, porém é industrializado, sendo aplicado sais de cura e conservantes, além do embalamento à vácuo. O que garante maior validade e umidade a peça. Deve-se dessalgar antes de consumir ou utilizar.

 

Dica feita pelo Steak Chef da franquia de Ponta Grossa – PR, Igor Ribas.

 

Faça um churrasco ‘premium’ da fazenda e

nunca mais compre outra carne para churrasco