12 de setembro de 2016

É fácil transformar uma empresa em franquia?

2 anos atrás

Há quem costume imaginar que é fácil transformar um bom (ou nem tão bom assim…) negócio em uma franquia. Mas não é bem assim. Trazemos aqui alguns motivos que mostram o porquê franquear uma empresa é difícil e trabalhoso:

  • O primeiro erro, que ocorre comumente por conta dos aspirantes a franqueados, é o de achar que franquia é um investimento financeiro, que após abrir o negócio, não irá precisar trabalhar e vai gerar lucro por conta própria. Uma unidade franqueada corre ricos como qualquer outro tipo de negócio. O que pode facilitar para um maior índice de sucesso, além de uma boa gestão, é a oferta de um suporte adequado por parte da franqueadora, como é oferecido pelo Da Fazenda Açougue Gourmet Franquia
  • O cenário jurídico, que é importantíssimo. Estar dentro da legalidade e refinar documentos como a COF – Circular de Oferta de Franquia e um contrato de franquias muito bem elaborados, são tarefas trabalhosas e que irão definir quais rumos a franquia irá tomar.
  • É necessário estar sempre inovando. Seja com o lançamento de novos produtos, novas formas de atendimento e de tratar o cliente, inovar com fornecedores e etc. Estagnar nunca é uma boa ideia, muito menos para uma rede de franquias.
  • Divulgação. Ser conhecido e atingir possíveis franqueados no começo do processo de franqueamento é algo complexo, pois acaba sendo um processo demorado e com custo elevado.

Conclusão: Fácil não é, mas com um negócio diferenciado, muito bem organizado na gestão e que gerencie muito bem os tópicos abordados acima, é possível de se alcançar bons resultados.

Faça um churrasco ‘premium’ da fazenda e

nunca mais compre outra carne para churrasco